Projetos Atuais:


      1- Atuação na Rede Divulgação da prefeitura da cidade do Rio de Janeiro:

    • O projeto Divulgação dá suporte as instituições não-governamentais que desenvolvem trabalhos de apoio a crianças, jovens, famílias e grupos em situação de risco social. O projeto fortalece a rede de instituições voltadas ao atendimento a pessoas em situação de vulnerabilidade social das áreas de Santa Cruz, Campo Grande, Bangu e Madureira. Em reuniões mensais, profissionais da Prefeitura do Rio orientam a se inscrever nos Conselhos Municipais de Assistência Social (CMAS) e dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), e a se regularizar adequando a documentação para concorrência de eventuais financiamentos públicos e privados. Além disso, os profissionais destas instituições debatem temas sociais como a Lei Orgânica de Assistência Social - LOAS - lei federal de 1993 que regulamenta a Assistência Social no país e o Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

      Os encontros acontecem sempre em uma das instituições locais para que possa haver interação entre as ONGs. A Divulgação pretende ampliar e fortalecer a rede social local, proporcionando oportunidade igual para todas as instituições de forma a garantir a possibilidade de participação das pequenas ONGS em projetos sociais com recursos públicos, privados e/ou internacionais.


      2- Oficinas de Street Dance - Hip Hop:

    • O público jovem absorve facilmente a mensagem da Oficina por ela utilizar uma linguagem que o jovem se identifica, em um processo de troca feito de um jovem para outro jovem. Acreditamos que o projeto de Hip Hop contribua na formação de jovens mais capazes, com maior consciência da sociedade onde vivem da importância de sua participação e da força de transformação que o jovem pode ter para mudar sua vida pessoal, sua família e sua comunidade. A Oficina busca também contribuir no desenvolvimento do autoconhecimento do jovem sobre seu corpo, nas possibilidades que o hip hop oferece de ter acesso à cultura, e a oportunidade de se tornar até um profissional de Dança e/ou expressões corporais.

      A Oficina é gratuita e acontece nos dias de Segundas, Quartas e Sextas, nos horários de 16 às 18h, na sede da ONG; As inscrições são realizadas nos dias das Oficinas, direto com os Instrutores.


      3- Oficina de Grafite:

    • O Graffiti já é reconhecido em todo mundo como um exemplo de recuperação de uma atitude predatória e de trabalho contra a violência urbana, vem sendo utilizado já em algumas cidades do Brasil em trabalhos com a juventude.

      Também possui uma perspectiva profissional, para criação de painéis, camisas personalizadas, faixas, criação de novas oficinas; Revelando a oportunidade de Jovens capacitados na Arte do Graffiti; Enfim de novos elementos que favoreçam um perfil profissional e de protagonistas sociais.

      Acreditamos que o projeto de Graffiti é a oportunidade da construção de uma nova história dos jovens, porque, são poucos os equipamentos sociais envolvidos na questão da profissionalização dos jovens em situação de risco, principalmente no que se refere à Arte e Cultura. As perspectivas de mercado de trabalho são favoráveis; Haja vista o crescente número de eventos artísticos e culturais, como também lojas, shopping, entre outros, que utilizam esta técnica para criar painéis chamar a atenção dos clientes e de instituições que se utilizam do Graffitismo como elemento educativo e estético.

      Buscamos contribuir na formação de jovens mais conscientes, qualificados com grandes possibilidades de trabalho no mercado atual, favorecendo para a reversão das situações sócio-econômicas precárias desta região e contribuindo no processo de transformações sociais. Na busca da redução do índice de jovens depredadores, ensinando uma arte que possa gerar renda e resgatar a auto-estima desses jovens.

      A Oficina é gratuita e acontece nos dias de Terças e Quartas, nos horários de 14 às 16h, na sede da ONG; As inscrições são realizadas nos dias das Oficinas, direto com os Instrutores.

      4- Curso de capacitação em Auxiliar de Saúde Bucal:

    • Formar profissionais para o exercício de atividades voltadas para a saúde bucal, previstas em lei, sob a supervisão do cirurgião-dentista a fim de contribuir para a promoção, recuperação da Saúde Bucal, prevenção de doenças bucais, melhoria da qualidade de vida e também auxiliar nas atividades do consultório dentário.


      Específico:

    • Capacitar o ASB para desenvolver as competências abaixo relacionadas:

    • Auxiliar o cirurgião dentista nos procedimentos clínico odontológicos;
    • Aplicar conhecimentos sobre saúde pública;
    • Instruir sobre ações de atenção básica dentro do Programa Saúde da Família - PSF;
    • Discutir a atuação do ASB no PSF;
    • Contribuir para o desenvolvimento de características profissionais para atuar em equipes multiprofissionais;
    • Realizar rotinas e protocolos de trabalho procedendo à identificação, conservação, manutenção e manipulação dos materiais odontológicos, instrumentais e equipamentos de uso odontológico;
    • Realizar orientações aos pacientes sobre higiene dental e o auto cuidado para se obter e manter uma boa e adequada saúde;
    • Colaborar na promoção da saúde e segurança no trabalho;
    • Desenvolver atividades em saúde bucal, que promovam a prevenção de doenças bucais;
    • Colaborar nos levantamentos epidemiológicos;
    • Atuar na organização do processo de trabalho em consultório odontológico;